suplementos que quebram o jejum
Jejum Intermitente

Suplementos que quebram o Jejum Intermitente


O Jejum Intermitente é uma prática muito popular entre indivíduos que desejam perder peso. No entanto, embora exista uma legião que levam o método como um estilo de vida, muitos ainda possuem diversas dúvidas que podem atrapalhar o correto funcionamento do jejum. Como é o caso do uso de suplementos. Afinal, quais são os suplementos que quebram o Jejum Intermitente? Vamos conferir?


Suplementos que quebram o Jejum Intermitente

BCAA

Muito popular entre os frequentadores de academia, o BCAA nada mais é do que um aminoácido de cadeia ramificada, que compreende três aminoácidos essenciais: leucina, valina e isoleucina. Ressaltando que eles não são produzidos pelo nosso organismo. Vale citar que os aminoácidos consistem em moléculas orgânicas essenciais para formar as proteínas. E sem eles, ocorre uma falha na construção muscular.

O BCAA tem ação anabólica, o que ajuda a aumentar a síntese proteica, processo biológico de geração de novas proteínas. Para a construção de proteínas novas, as células pedem aminoácidos. Por isso, o BCAA ajuda na construção muscular e na obtenção da massa magra.

Por estimular e elevar a produção de insulina, o suplemento compromete o estado de jejum, portanto, deve ser preferencialmente ser consumido na janela aberta.  Antes do treino, seu consumo ajuda a fornecer energia, e após o exercício, auxilia na recuperação dos músculos. Portanto, consuma o produto de acordo com sua rotina de treino e horário do jejum.

Whey Protein

É um suplemento proteico obtido do soro do leite da vaca, através de um método industrial que permite a extração de uma elevada concentração de proteínas. Muito utilizado e popular pelos frequentadores de treinos de alta intensidade, o produto visa elevar o rendimento, entre outros benefícios, como claro, ganho de massa muscular.

É o suplemento esportivo mais usado no mundo inteiro por conta de suas propriedades e vantagens nutricionais. Rico em valor proteico, o produto proporciona efeito similar ao consumo de proteína na dieta, mas de uma maneira mais potencializada, já que o Whey Protein atua de forma concentrada no nosso organismo.

O Whey Protein, dependendo do fabricante, indica uma média de 120 Kcal para cada 30 gramas. Portanto, ele quebra o Jejum.

Você pode consumir o suplemento após o treino para repor a proteína perdida em fases catabólicas. Portanto, para adequar o uso do produto ao Jejum, procure treinar antes de abrir a sua janela de alimentação. Ou seja, se você faz o desjejum ao meio dia, poderá treinar às 10 da manhã, e logo depois da prática do exercício físico, consumir o Whey Protein. No entanto, procure fazer um jantar reforçado, com arroz, feijão, carne magra ou frango, verduras e saladas.

Creatina

É um dos suplementos mais usados por quem busca um alto desempenho em treino de elevada intensidade. Saiba que ela é sintetizada no pâncreas e no fígado, e nosso organismo produz 1 grama por dia. Dessa forma, com a limitada produção natural da creatina, a suplementação se faz necessária para garantir mais energia para a rotina de treinos.

A creatina consiste em um derivado de aminoácidos que eleva a síntese proteica, o que favorece a recuperação depois de um treino intenso. Além disso, o suplemento tem o poder de potencializar o ganho de massa magra e a elevação da força. Seu consumo no pré-treino favorece a hipertrofia – ganho de massa muscular – e no pós, ajuda a recuperar o glicogênio muscular.

É importante ressaltar que estudos sobre o consumo de creatina possuem ação sobre a resposta à insulina. O que pode levar o seu organismo a sair do estado de jejum. Por isso, prefira a ingestão deste suplemento na janela aberta. A creatina, segundo recomendações dos fabricantes, deve ser usada diariamente, mesmo se você não praticar exercício físico.

Vitaminas

Vitaminas não possuem calorias, e portanto, não quebram o jejum. Mas, algumas vitaminas, como as lipossolúveis, são obtidas somente na forma de cápsula com óleo, como a Vitamina E, por exemplo, e elas quebram o jejum.

Colágeno

O colágeno em 10 gramas possui uma média de 30 calorias, dependendo do fabricante. Por isso, o ideal é consumir o produto na janela aberta.

 

Lembrando que é sempre recomendado consultar um profissional da saúde antes de iniciar qualquer dieta, especialmente com suplementação.

Ainda tem dúvida sobre o assunto? Ou quer deixar uma observação? Deixe um comentário!


Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *